Calendário Cultural

some image
  • janeiro

    Janeiro

    Réveillon

    Na virada a tradição cachoeirana é festejar o ano novo nas comunidades de Opalma e São Francisco do Paraguassú, localizadas na zona rural da cidade. Ao som de grupos regionais moradores e turistas garantem a dose certa de animação durante dois dias de festa.

  • Março

    Março

    Aniversário de Cachoeira

    Comemorando a elevação da antiga Vila de Nossa Senhora do Porto da Cachoeira à categoria de cidade, no dia 13 de março é realizada uma cerimônia cívica que recebe diversas autoridades políticas, religiosas e militares, além de cachoeiranos que homenageiam os heróis de guerra com menções honrosas, alvoradas e desfiles de bandas marciais e filarmônicas.

  • Maio

    Maio

    Festa do Divino

    A tradição de origem portuguesa é mantida desde o século XVIII em Cachoeira e todos os anos escolhe uma criança para ocupar o cargo de Imperador da festa. Após a missa, na Igreja Matriz de Nossa Senhora do Rosário, o Imperador e sua corte desfilam pelas ruas da cidade, conduzindo a bandeira do Espírito Santo.

  • Julho

    Julho

    2 de Julho

    Data principal da celebração, quando acontecem a sessão solene na Câmara de Vereadores e o desfile cívico com a participação de pelotões do Tiro de Guerra, filarmônicas, charangas e grupos culturais de diversas cidades do Recôncavo

  • Setembro

    Setembro

    Festa do Amparo

    Preservando uma tradição que atravessa gerações de católicos há mais de cem anos, a festa em louvor a Nossa Senhora do Amparo conta com celebrações especiais na Igreja de Nossa Senhora do Monte. A Irmandade de Nossa Senhora do Amparo foi a primeira a se instalar em Cachoeira e foi elevada à categoria de Confraria, pelo Papa Pio IX.

  • Novembro

    Novembro

    Festa de Nossa Senhora D’Ajuda

    No mês de novembro Cachoeira se fantasia para brincar na Festa de Nossa Senhora D’Ajuda, que homenageia a padroeira da primeira capela construída na cidade. A comemoração à santa possui uma programação religiosa com Tríduo, procissão e lavagens, mas a parte profana é a grande responsável pelo enorme sucesso dos festejo católico.

  • Fevereiro

    Fevereiro

    Festa de Iemanjá

    Todos os anos, no primeiro domingo após 2 de fevereiro, é realizada a Festa de Iemanjá de Cachoeira. A cerimônia tem início pela manhã no Porto de Cachoeira, com muita música e dança, seguindo até o fim da tarde, quando as oferendas à Iemanjá são levadas de barco até a Pedra da Baleia, localizada no meio do Rio Paraguassú

  • Abril

    Abril

    Semana Santa

    Preservando uma das mais antigas tradições católicas da Bahia, o período é ideal para quem deseja conhecer algumas das mais belas igrejas da cidade. Organizada pela Irmandade da Ordem Terceira do Carmo, a programação tem início com a celebração da memória de Nossa Senhora das Dores, na Igreja da Ordem Terceira do Carmo e a Procissão do Encontro, uma semana antes da sexta-feira santa.

  • Junho

    Junho

    São João

    Conhecida pelo famoso licor, bebida típica do São João, Cachoeira também possui diversos atrativos turísticos.




  • Agosto

    Agosto

    Festa de Nossa Senhora da Boa Morte

    Consolidada como um ícone dos festejos populares da Bahia, a festa reúne as irmãs membros de uma das mais tradicionais e famosas confrarias religiosas da Bahia, formada por mulheres negras e descendentes de escravos.

  • Outubro

    Outubro

    Festa de Nossa Senhora do Rosário

    As celebrações em homenagem à padroeira da cidade tiveram início antes mesmo da criação da freguesia, no final do século XVII.




  • Dezembro

    Dezembro

    Festa de Santa Bárbara

    Patrimônio Imaterial da Bahia desde 2008, a Festa de Santa Bárbara, atrai todos os anos centenas de devotos às celebrações nas igrejas e terreiros de Cachoeira e São Félix, em um ritual de sincretismo que se perpetua há mais de dois séculos.